#CURSO BÁSICO#

NOSSAS REFLEXÕES …
1 – AO LEVANTAR-SE ( 07/02/17 )
2 – SAUDAÇÕES ( 14/02/17 )
3 – NOS DOMÍNIOS DA VOZ  ( 21/02/17 )
4 – NO RECINTO DOMÉSTICO   ( 07/03/17)
5 – ENTRE CÔNJUGES   ( 14/03/17 )
6 – EXPERIÊNCIAS DOMÉSTICAS  ( 21/03/17)
7 – PARENTES DIFÍCEIS   ( 28/03/17)
8 – AMBIENTE CASEIRO  ( 04/04/17)
9 – APRESENTAÇÕES  ( 11/04/17 )
10 – NA VIA PÚBLICA ( 18/04/17 )

Aula 10 – 25/04/2017 – Cap.10 Livro Entendendo o Espiritismo 
Tema :   Descrição do mundo material e espiritual. Nosso Lar, de AndréLuiz. O intercâmbio por meio da Mediunidade.

Leitura: 11 – Comércio e Intercâmbio / Livro Sinal Verde

O Comércio é também uma escola de fraternidade. Realmente, carecemos da atenção do vendedor, mas o vendedor espera de nós a mesma atitude.
Diante de balconistas fatigados ou irritadiços, reflitamos nas provações que, indubitavelmente, os constrange nas retaguardas da família ou do lar, sem negar-lhes consideração e carinho.
A pessoa que se revela mal-humorada, em seus contatos públicos, provavelmente carrega um fardo pesado de inquietação e doença.
Abrir caminho, à força de encontrões, não é só deselegância, mas igualmente lastimável descortesia.
Dar passagem aos outros, em primeiro lugar, seja no elevador ou no coletivo, é uma forma de expressar entendimento e bondade humana.
Aprender a pedir um favor aos que trabalham em repartições, armazéns, lojas ou bares, é obrigação.
Evitar anedotário chulo ou depreciativo, reconhecendo-se que as palavras criam imagens e as imagens patrocinam ações.
Zombaria ou irritação complicam situações sem resolver os problemas.
Quando se sinta no dever de reclamar, não faça de seu verbo instrumento de agressão.
O erro ou o engano dos outros talvez fossem nossos se estivéssemos nas circunstâncias dos outros.
Afabilidade é caridade no trato pessoal.

………………………………………………..

Aula 09 – 18/04/2017 – Cap.9 Livro Entendendo o Espiritismo 
Tema :   O Esboço de “O Livro dos Médiuns” 

Leitura: 10 – Na via pública / Livro Sinal Verde

A rua é um departamento importante da escola do mundo, onde cada criatura pode ensinar e aprender. Encontrando amigos ou simples conhecidos, tome a iniciativa da saudação, usando cordialidade e carinho sem excesso. Caminhe em seu passo natural dentro da movimentação que se faça precisa, como se deve igualmente viver: sem atropelar os outros. Se você está num coletivo, acomode-se de maneira a não incomodar os vizinhos. Se você está de carro, por mais inquietação ou mais pressa, atenda às leis do trânsito e aos princípios do respeito ao próximo, imunizando-se contra males suscetíveis de lhe amargurarem por longo tempo. Recebendo as saudações de alguém, responda com espontaneidade e cortesia. Não detenha companheiros na vida pública, absorvendo-lhes tempo e atenção com assuntos adiáveis para momento oportuno. Ante a abordagem dessa ou daquela pessoa, pratique a bondade e a gentileza, conquanto a pressa, freqüentemente, esteja em suas cogitações. Em meio às maiores exigências de serviço, é possível falar com serenidade e compreensão, ainda mesmo por um simples minuto. Rogando um favor, faça isso de modo digno, evitando assobios, brincadeiras de mau gosto ou frases desrespeitosas, na certeza de que os outros estimam ser tratados com o acatamento que reclamamos para nós.

……………………………………………………..

                     ………………………………………………..

Aula 08 – 11/04/2017 – Cap.8 Livro Entendendo o Espiritismo 
Tema :   Esboço de “O Céu e o Inferno” 

Leitura: 9 – Apresentações / Livro Sinal Verde

Em se vendo objeto de apresentação, não deve enunciar seus títulos e lances autobiográficos, mas se você apresenta alguém, é justo lhe decline o valor sem afetação.
Diante de algum apontamento desairoso para com os ausentes, recorde o impositivo do respeito e da generosidade para com eles.
Nunca é impossível descobrir algo de bom em alguém ou em alguma situação para o comentário construtivo.
Qualquer criatura que se mostre necessitada de pedir-lhe um favor, é um teste para a sua capacidade de entendimento e para os seus dotes de educação.
Um mendigo é um companheiro no caminho a quem talvez amanhã tenhamos de solicitar apoio fraterno.
A criança desprotegida que encontramos na rua não é motivo para revolta ou exasperação, e sim um apelo para que trabalhemos com mais amor pela edificação de um mundo melhor.
Não adianta reprimenda para o irmão embriagado, de vez que ele, por si mesmo, já se sabe doente e menos feliz.
Toda vez que você destaque o mal, mesmo inconscientemente, está procurando arrasar o bem.
Não critique, auxilie.
Para qualquer espécie de sofrimento é possível dar migalha de alívio e amparo, ainda quando semelhante migalha não passe de um sorriso de simpatia e compreensão.
……………………………………………………….

Aula 07 – 04/04/2017 – Cap.7 Livro Entendendo o Espiritismo 
Tema :   Esboço de “O Livro dos Espíritos” e suas diferentes partes.

Leitura: 8 – Ambiente Caseiro / Livro Sinal Verde

A casa não é apenas um refúgio de madeira ou alvenaria, é o lar onde a união e o companheirismo se desenvolvem.
A paisagem social da Terra se transformaria imediatamente para melhor se todos nós, quando na condição de espíritos encarnados, nos tratássemos, dentro de casa, pelo menos com a cortesia que dispensamos aos nossos amigos.
Respeite a higiene, mas não transfigure a limpeza em assunto de obsessão.
Enfeite o seu lar com os recursos da gentileza e do bom-humor.
Colabore no trabalho caseiro, tanto quanto possível.
Sem organização de horário e previsão de tarefas, é impossível conservar a ordem e a tranqüilidade dentro de casa.
Recorde que você precisa tanto de seus parentes quanto seus parentes precisam de você.
Os pequeninos sacrifícios em família formam a base da felicidade no lar

………………………………………………..

Aula 06 – 28/03/2017 – Cap.6 Livro Entendendo o Espiritismo
Tema :   Diferença entre espiritismo, umbanda e religiões afro-indígenas.

Leitura: 7 – Parentes Difíceis / Livro Sinal Verde
Aceite os parentes difíceis na base da generosidade e da compreensão, na certeza de que as Leis de Deus não nos enlaçam uns com os outros sem causa justa.
O parente-problema é sempre um teste com que se nos examina a evolução espiritual.
Muitas vezes a criatura complicada que se nos agrega à família, traz consigo as marcas de sofrimentoou deficiências que lhe foram impostas por nós mesmos em passadas reencarnações.
Não exija dos familiares diferentes de você um comportamento igual ao seu, porquanto cada um de nós se caracteriza pelas vantagens ou prejuízos que acumulamos na própria alma.
Não tente se descartar dos parentes difíceis com internações desnecessárias em casas de repouso, à custa de dinheiro, porque a desvinculação real virá nos processos da natureza, quando você houver alcançado a quitação dos próprios débitos ante a Vida Maior.
Nas provações e conflitos do lar terrestre, quase sempre, estamos pagando pelo sistema de prestações, certas dívidas contraídas por atacado.

.……………………………………………………..

Aula 05 – 21/03/2017 – Cap.5 Livro Entendendo o Espiritismo
Tema :   Quais os setores em que a Doutrina Espírita se compõe? Qual deve ser considerado o mais importante e porque?

Leitura: 6 – Experiência Doméstica / Livro Sinal Verde
Ordem, trabalho, caridade, benevolência, compreensão começam dentro de casa.
A parentela é um campo de aproximação, jamais cativeiro.
Aprendamos a ouvir sem interromper os que falam à mesa doméstica, a fim de que possamos escutar com segurança as aulas da vida.
O lar é um ponto de repouso e refazimento, nunca mostruário de móveis e filigranas, conquanto possa e deva ser enfeitado com distinção e bom gosto, tanto quanto possível.
Quem pratica o desperdício, não reclame se chegar à penúria.
Benditos quantos se dedicam a viver sem incomodar os que lhe compartilhem a experiência.
Evite as brincadeiras de mau gosto que, não raro, conduzem a desastre ou morte prematura.
O trabalho digno é a cobertura de sua independência.
Aconselhe a criança e ajude-a na formação espiritual, que isso é obrigação de quem orienta, mas respeite os adultos em suas escolhas, porque os adultos são responsáveis e devem ser livres nas próprias ações, tanto quanto você deseja ser livre em suas idéias e empreendimentos.
Se você não sabe tolerar, entender, abençoar ou ser útil a oito ou dez pessoas do ninho doméstico, deque modo cumprir os seus ideais e compromissos de elevação nas áreas da Humanidade? pretexto de se homenagear carinho e dedicação no mundo familiar.

                              ………………………………………………..

Aula 04 – 14/03/2017 – Cap.4 Livro Entendendo o Espiritismo
Tema :   Qual a posição da Doutrina Espírita entre as demais filosofias e religiões existentes?

Leitura: 5 – Entre Cônjuges / Livro Sinal Verde
Prossiga amando e respeitando os pais, depois da formação da própria casa, compreendendo, porém, que isso traz novas responsabilidades para o exercício das quais é imperioso cultivar independência, mas, a pretexto de liberdade, não relegar os pais ao abandono.
Não deprecie os ideais e preocupações do outro.
Selecione as relações.
Respeite as amizades do companheiro ou da companheira.
É preciso reconhecer a diversidade dos gostos e vocações daquele ou daquela que se toma para compartilhar-nos a vida.
Antes de observar os possíveis erros ou defeitos do outro, vale mais procurar-lhe as qualidades e dotes superiores para estimulá-los ao desenvolvimento justo.
Jamais desprezar a importância das relações sexuais com o respeito à fidelidade nos compromissos assumidos.
Não sacrifique a paz do lar com discussões e conflitos, a pretexto de honorificar essa ou aquela causa da Humanidade, porque a dignidade de qualquer causa da Humanidade começa no reduto doméstico.
Não deixe de estudar e aprimorar-se constantemente, sob a desculpa de haver deixado a condição de solteiro ou de solteira.
Sempre necessário compreender que a comunhão afetiva no lar deve recomeçar, todos os dias, a fim de consolidar-se em clima de harmonia e segurança.
.…………………………………………………………………………….

Aula 03 – 07/03/2017 – Cap.3 Livro Entendendo o Espiritismo
Tema :   Como foi a Doutrina Espírita difundida pelo mundo?
Os continuadores de Allan Kardec na França e em outros países.

Leitura: 4 – No Recinto Doméstico / Livro Sinal Verde
Bondade no campo doméstico é a caridade começando de casa.
Nunca fale aos gritos, abusando daintimidade com os entes queridos.
Utilize os pertences caseiros sem barulho, poupando o lar a desequilíbrio e perturbação.
Aprenda a servir-se, tanto quanto possível, de modo a não agravar as preocupações da família.
Colabore na solução do problema que surja, sem alterar-se na queixa.
A sós ou em grupo, tome a sua refeição sem alarme.
Converse edificando a harmonia. É sempre possível achar a porta do entendimento mútuo, quando nos dispomos a ceder, de nós mesmos, em pequeninas demonstrações de renúncia a pontos de vista.
Quantas vezes um problema aparentemente insolúvel pede tão somente uma palavra calmante para ser resolvido?
Abstenha-se de comentar assuntos escandalosos ou inconvenientes.
Em matéria de doenças, fale o estritamente necessário.
Procure algum detalhe caseiro para louvar o trabalho e o carinho daqueles que lhe compartilham a existência.
Não se aproveite da conversação para entretecer apontamentos de crítica ou censura, seja a quem seja.
Se você tem pressa de sair, atenda ao seu regime de urgência com serenidade e respeito, sem estragar a tranqüilidade dos outros.

.…………………………………………………………..

borbo

REFLEXÃO DO DIA

“ DETOX vem da idéia de desintoxicar, tirar do corpo tudo o que não lhe faz bem.
Não adianta comer chia toda manhã, se a gente odeia o emprego e já sai de casa com vontade de voltar. Não dá pra achar que o corpo vai estar puro se você não acredita no que faz e passa mais de 40hs da semana ruminando tarefas infelizes.
Não adianta beber 3 litros de água por da se está num relacionamento que afundou. Não adianta colocar linhaça nas receitas quando só se reclama da vida, dos outros, do país, do calor, da chuva, do trânsito.
É ilusão achar que a mudança vem de fora para dentro.
Detox de gente ruim.
Detox de maus hábitos.
Detox de relações doentes.
Detox de pessimistas.
Detox de sentimentos pobres.
Detox de vícios.
Detox de superficialidade.
E pra fazer detox na vida é preciso coragem. Coragem pra mudar, para arriscar, para romper, para fechar ciclos.”
É por aí.  Um exercício diário em busca do que nos faz bem.
Esse é o nosso objetivo maior e sempre com as orientações
de Jesus, nosso Mestre e amigo.

.………………………………………………

Aula 02 – 21/02/2017 – Cap.2 Livro Entendendo o Espiritismo
Tema :   Como se criou o corpo da doutrina espírita e quem o criou? Sucinta biografia de Allan Kardec.

Leitura: 3. Nos Domínios daVoz / Livro Sinal Verde
Observe como vai indo a sua voz, porque a voz é dos instrumentos mais importantes na vida de cada um. A voz de cada pessoa está carregada pelo magnetismo dos seus próprios sentimentos.
Fale em tonalidade não tão alta que assuste e nem tão baixa que crie dificuldade a quem ouça.
Sempre aconselhável repetir com paciência o que já foi dito para o interlocutor, quando necessário, sem alterar o tom de voz, entendendo-se que nem todas as pessoas trazem audição impecável.
A quem não disponha de facilidades para ouvir, nunca dizer frases como estas: “Você está surdo?”, “Você quer que eu gri-te?”, “Quantas vezes quer você que eu fale?” ou “Já cansei de repetir isso.
A voz descontrolada pela cólera, no fundo, é uma agressão e a agressão jamais convence. Converse com serenidade e respeito, colocando-se no lugar da pessoa que ouve, e educará suas manifestações verbais com mais segurança e proveito.
Em qualquer telefonema, recorde que no outro lado do fio está alguém que precisa de sua calma, a fim de manter a própria tranquilidade

………………………………………………………….

Aula 01 – 14/02/2017 – Cap. 1 Livro Entendendo o Espiritismo
Tema :   O que é o Espiritismo?   Quando surgiu, em que lugar e em que circunstâncias?

Leitura: 2. Saudações  / Livro Sinal Verde
Toda saudação deve basear-se em pensamentos de paz e alegria.
Pense no seu contentamento quando alguém lhe endereça palavras de afeto e simpatia, e façao mesmo para com os outros.
Mobilize o capital do sorriso e observará que semelhante investimento lhe trará precioso rendimento de colaboração e felicidade.
Uma frase de bondade e compreensão opera prodígios na construção do êxito.
Auxilie aos familiares com a sua palavra de entendimento e esperança.
Se você tem qualquer mágoa remanescendo da véspera, comece o dia, à maneira do Sol: – esquecendo a sombra e brilhando de novo.

Material Extra da Aula:

Porque a Reencarnação passou a ser condenada pela Igreja Católica    (Vivaldo J. de Araújo)

 O Concílio de Constantinopla – 553 D.C

Até meados do século VI, todoo Cristianismo aceitava a Reencarnação que a cultura religiosa oriental já proclamava, milênios antes da era cristã, como fato incontestável, norteador dos princípios da Justiça Divina, que sempre dá oportunidade ao homem para rever seus erros e recomeçar o trabalho de sua regeneração, em nova existência.

Aconteceu, porém, que o segundo Concílio de Constantinopla, atual Istambul, na Turquia, em decisão política, para atender exigências do Império Bizantino, resolveu abolir tal convicção, cientificamente justificada, substituindo-a pela ressurreição, que contraria todos os princípios da ciência, pois admite a volta do ser, por ocasião de um suposto juízo final, no mesmo corpo já desintegrado em todos os seus elementos constitutivos.

É que Teodora, esposa do famoso Imperador Justiniano, escravocrata desumana e muito preconceituosa, temia retornar ao mundo, na pele de uma escrava negra e, por isso, desencadeou uma forte pressão sobre o papa da época, Virgílio, que subira ao poder através da criminosa intervenção do general Belisário, para quem os desejos de Teodora eram lei.

E assim, o Concílio realizado emConstantinopla, no ano de 553 D.C, resolveu rejeitar todo o pensamento de Orígenes de Alexandria, um dos maiores Teólogos que a Humanidade tem conhecimento. As decisões do Concílio condenaram, inclusive, a reencarnação admitida pelo próprio Cristo, em várias passagens do Evangelho, sobretudo quando identificou em João Batista o Espírito do profeta Elias, falecido séculos antes, e que deveria voltar como precursor do Messias (Mateus 11:14 e Malaquias 4:5).

Agindo dessa maneira, como se fosse soberana em suas decisões, a assembléia dos bispos, reunidos no Segundo Concílio de Constantinopla, houve por bem afirmar que reencarnação não existe, tal como aconteceu na reunião dos vaga-lumes, conforme narração do ilustre filósofo e pensador cristão, Huberto Rohden, em seu livro ” Alegorias “, segundo a qual, os pirilampos aclamaram a seguinte sentença, ditada por seu Chefe D. Sapiêncio, em suntuoso trono dentro da mata, na calada da noite: ” Não há nada mais luminoso que nossos faróis, por isso não passa de mentira essa história da existência do Sol, inventada pelos que pretendem diminuir o nosso valor fosforescente “.

E os vaga-lumes dizendo amém, amém, ao supremo chefe, continuaram a vagar nas trevas, com suas luzinhas mortiças e talvez pensando – “se havia a tal coisa chamada Sol, deve agora ter morrido”. É o que deve ter acontecido com Teodora: ao invés de fazer sua reforma íntima e praticar o bem para merecer um melhor destino no futuro, preferiu continuar na ilusão de se poder fugir da verdade, só porque esta fora contestada pelos deuses do Olimpo, reunidosem majestoso conclave.

Vivaldo J. de Araújo é Professor e Procurador de Justiça do Estado de Goiás.

……………………………………………………………………….

Aula Inaugural – 07/02/2017

Leitura 1 –  Ao Levantar-se

Agradeça a Deus a bênção da vida, pela manhã. Se você não tem o hábito de orar, formule pensamentos de serenidade e otimismo, por alguns momentos, antes de retomar as próprias atividades.

Levante-se com calma.

Se deve acordar alguém, use bondade e gentileza, reconhe-cendo que gritaria ou brincadeiras de maugosto não auxiliam em tempo algum.

Guarde para com tudo e para com todos a disposição de cooperar para o bem.

Antes de sair para a execução de suas tarefas, lembre-se de que é preciso abençoar a vida para que a vida nos abençoe.

…………………………………………………    …………………………………………
ESPERAMOS POR VOCÊ!!

 

4 respostas para #CURSO BÁSICO#

  1. Daniela Couto disse:

    Boa noite

    Gostaria de saber se ainda podemos entrar no curso básico e qual o horário que devemos chegar.
    No aguardo.

    • geaeembare disse:

      Olá Daniela,
      Pode entrar sim, será muito bem-vinda ao grupo.
      O portão abre as 19:30hs e fecha 20:25hs, é sempre bom chegar uns 20min antes de fechar o portão.
      Esperamos por você.
      Abs
      Equipe GEAE

  2. A segunda aula foi ótima.
    Focada na vida de Allan Kardec, pessoa central do espiritualismo mundial, foi desenvolvida por instrutora de grande desenvoltura, didática e conhecimento, à qual cumprimento e agradeço.
    Parabéns!

    P.S.: infelizmente não anotei o nome da instrutora.

  3. Ótimas aulas,cada semana nos fazendo refletir nossa reforma íntima e evoluindo cada vez mais.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s