Preleção da Semana 07 – Tudo Novo

“Assim é que, se alguém está. em Cristo, nova criatura é: as coisas velhas já passaram; eis que tudo se fez novo.” — Paulo. (II CORÍNTIOS, 5:17.)

É muito comum observarmos crentes inquietos, utilizando recursos sagrados da oração para que se perpetuem situações injustificáveis tão-só porque envolvem certas vantagens imediatas para suas preocupações egoísticas.
Semelhante atitude mental constitui resolução muito grave.
Cristo ensinou a paciência e a tolerância, mas nunca determinou que seus discípulos estabelecessem acordo com os erros que infelicitam o mundo. Em face dessa decisão, foi à cruz e legou o último testemunho de não-violência, mas também de não-acomodação com as trevas em que se compraz a maioria das criaturas.
Não se engane o crente acerca do caminho que lhe compete.
Em Cristo tudo deve ser renovado, O passado delituoso estará morto, as situações de dúvida terão chegado ao fim, as velhas cogitações do homem carnal darão lugar a vida nova em espírito, onde tudo signifique sadia reconstrução para o futuro eterno.
É contra-senso valer-se do nome de Jesus para tentar a continuação de antigos erros.
Quando notarmos a presença de um crente de boa palavra, mas sem o íntimo renovado, dirigindo-se ao Mestre como um prisioneiro carregado de cadeias, estejamos certos de que esse irmão pode estar à porta do Cristo, pela sinceridade das intenções; no entanto, não conseguiu, ainda, a penetração no santuário de seu amor.

Esse post foi publicado em Diversos. Bookmark o link permanente.

Uma resposta para Preleção da Semana 07 – Tudo Novo

  1. Sergio Rodrigues disse:

    Paulo nos deixou diversas instruções para a vida em Cristo e porque viver em Cristo.
    Paulo teve Cristo como seu mestre, e com a instrução recebida, a transmitiu a seus discipulos, para que os mesmos multiplicassem a mensagem até chegar a você>
    A Reforma Íntima está ligada a abnegação aos prazeres materiais e a devoção à vida espiritual.
    Cristo prega essa mensagem a todo instante.
    Mas ele não apenas prega, ele age como tal. Ele é o Verbo, e o Verbo é ação.
    De que adianta pregar e não fazer oque prega?
    Assim Cristo era exemplo. E foi exemplo até o momento de sua morte.
    Mas o maior exemplo deixado está em João 17.
    Sabendo que iria nos deixar em Corpo, pediu ao Pai, não por ele, mas pelos que em Corpo continuariam vivendo na Terra. Pediu a Santificação. Pediu o Poder do Pai. Pediu a Proteção contra oMaligno.
    O que fez Cristo?
    Orou pelos semelhantes. Por todos que ficariam na Terra e nele Creram, e por conseguinte,
    em Deus Creram.
    Só isso.
    Elevou seu coração aos Céus e Pediu, Rogou a Deus Pai, por Nós.
    Pediu que fossemos 1 com ele como Deus era 1 com Cristo. E assim Deus estaria em Cristo
    e Cristo em Nós.;
    João 17 é a essência de Cristo. É o caminho de Cristo. É a Luz, é a Verdade, é a Vida.
    Estar em Cristo, é ter o Poder de Deus nas suas Mãos.
    Esteja em Cristo Jesus, nosso caminho , o Caminho para Deus .

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s